Criatório Misalviato
Rua Cel. Procópio de Carvalho, 971, Centro
Porto Ferreira - SP - 13660-000

Meu Pedido
(0) Ovo
Enviar pedido »


Notícias

26/13

O fazendeiro dos ovos de ouro


O avicultor Mário Salviatto aposta nos serviços rápidos dos Correios para agregar valor ao produto e driblar os gargalos de logística
Por Viviane Taguchi, de Porto Ferreira (SP)

Certa manhã, um fazendeiro descobriu que a sua galinha tinha posto um ovo de ouro. Apanhou o ovo, correu para casa e mostrou-o à mulher: ?Veja, estamos ricos.? O fazendeiro levou o ovo ao mercado e vendeu-o por um bom preço. No outro dia, a galinha tinha posto mais um ovo de ouro e, de novo, o fazendeiro foi ao mercado e vendeu o ovo por um preço ainda melhor. E assim aconteceu durante muitos e muitos dias. A fábula da galinha dos ovos de ouro faz parte do imaginário infantil de muitas gerações. No entanto, em Porto Ferreira, cidade distante 220 quilômetros de São Paulo, um produtor rural conseguiu transformar este conto em parte de sua rotina diária de negócios. Mário Salviatto pode ser considerado o fazendeiro dos ovos de ouro. Com a ajuda da internet e dos Correios, ele transformou uma dúzia de ovos de galinha de R$ 3,50 em uma dúzia de ovos de R$ 18. Mas, diferentemente daquele fazendeiro da fábula, que matou a galinha acreditando que dentro dela havia um tesouro, Salviatto incrementou o negócio e multiplicou os lucros, driblando um dos maiores problemas do agronegócio: a logística. ?Eu sempre gostei de aves, sempre usei a internet e sempre recebi encomendas pelos Correios com segurança. Então pensei: por que não??, diz o produtor, que há quatro anos começou este negócio.

Com a nova forma de comercialização ele agregou valor aos ovos e à sua criação de galinhas das raças conchinchina, new hampshire, brahma, índio gigante, orpigton, legornes, polonesas e cara de palhaço, entre outras exóticas. ?Elas não são encontradas facilmente. Por isso, o interesse foi grande?, explica. Para despachar a produção, Mário Salviatto embala os ovos cuidadosamente um a um em plástico bolha e os acondiciona em uma caixa de isopor, forrada com serragem e jornal. ?Raramente temos problemas com quebras. Em quatro anos, se dez ovos se quebraram, foi muito.? Uma dúzia de ovos enviada para um local distante pode chegar a custar R$ 100 para o comprador, que paga o frete e a embalagem. Salviatto já vendeu numa só remessa 40 dúzias para um criador paulista e duas dúzias para um criador indígena. ?Quando ele me passou o endereço, achei estranho, pois era uma tribo na Amazônia.? O único risco em despachar a produção pelo Sedex é que, ao passar pelo aparelho de raio X dos Correios, pode ocorrer a inviabilidade do embrião na choca. ?O embrião corre risco sim, mas os resultados são satisfatórios.? br/>
Fonte: revista Dinheiro Rural





NOSSOS PRODUTOS SÃO COMERCIALIZADOS APENAS ATRAVÉS DO NOSSO SITE.
Ovos Férteis Mario Salviato
Criatório Misalviato - Rua Cel Procopio de Carvalho 971
Centro Porto Ferreira - SP - CEP 13660-000